segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

A Beleza de Cara Nova

Biomedicina é a ciência que conduz estudos e pesquisas no campo de interface entre biologia e medicina, voltada para a pesquisa das doenças humanas, seus fatores ambientais e epidemiológicos, com intuito de encontrar sua causa, mecanismo, prevenção, diagnóstico e tratamento.

E o que é a Fisioterapia tem com isso?

Foi aprovado no final de 2010 pelo Conselho Federal de Biomedicina - CFBM, presidido atualmente pelo Dr. Sílvio José Secchi, a Biomedicina Estética. E daí?

Os procedimentos, que agora também, competem aos biomédicos são:


  • Laserterapia
  • Carboxiterapia
  • Radiofreqüência estética
  • Ultrasom focalizado
  • Luz Intensa Pulsada
  • Laser Fracionado
  • Avaliação Estética
  • Anamnese corporal e facial
  • Classificação da pele - dermatoscópio
  • Classificação da Síndrome de Desarmonia Corporal
  • Definição do Tratamento
    a ser realizado
  • Registro de foto
  • Evolução do paciente
  • Treinamentos técnicos
  • Supervisão do tratamento
  • Acompanhamento do paciente durante o tratamento
  • Formar um raciocínio dinâmico, rápido e preciso na solução de problemas dentro da Estética

Você vê alguma semelhança com a nossa atuação?

O diferencial do biomédico é a possibilidade de realizar exames citológicos, laboratoriais, como os testes rápidos em bioquímica antes e após o tratamento para verificar a indicação mais adequada ao paciente. E isso nós não podemos fazer.

Diante dessa superposição de atuação, e portanto, aumento na concorrência profissional, dentro da tão cobiçada área de Estética , o que fazer?

Nos últimos anos, mais de 30 milhões de pessoas entraram no universo do consumo e passaram a integrar a chamada nova classe média brasileira. Embora não seja novidade, afinal eu já tinha cantado essa bola a um tempão, o crescimento da classe C se consolidou e ganhou destaque em 2010.

Segundo Renato Meirelles, sócio-diretor do Instituto Data Popular uma empresa especializada em produzir conhecimento de qualidade sobre o mercado popular no Brasil através de pesquisas e estatísticas, “A classe C vai se consolidar como principal mercado consumidor do Brasil e não mais como um segmento de mercado” e ao contrário do que dizem ele afirma que “Esse processo tende a continuar em um processo contínuo, estável e consolidado”

Como você é uma criatura inteligente já deve ter percebido que se por um lado a demanda de profissionais atuando em Estética aumentou, cresceu também o público que pode vir a ser atendido por esse setor, desde que você esteja disposto a mudar seu foco.Ou seja, é hora de aproximar a Dermatofuncional da classe C.

Para que você tenha uma idéia das 2,6 milhões de mulheres que pretendiam fazer uma operação estética no Brasil até o fim de 2010, de acordo com o Instituto Data Popular, 54% pertenciam à classe C e como nem todo mundo fará uma cirurgia só por causa da vaidade cresce também entre a classe C as adeptas a tratamentos como depilação a laser e drenagem linfática.

Kléber Kumaira, sócio da empresa Dr. Laser que é especializada em depilação a laser explica que as primeiras lojas foram abertas em bairros nobres, mas a estratégia mudou por causa da receptividade nesse tipo de mercado. “Os investimentos em expansão só estão sendo possíveis em função do aumento do tamanho da nova classe média. Se estivéssemos focados somente na elite, não estaríamos crescendo tanto”

E para isso é claro que não dá para montar um empreendimento na Barra da Tijuca, luxuoso bairro da capital carioca, num espaço com 1.500 metros quadrados, por exemplo, nem tão pouco suas clientes aguardarão a sessão tomando champagne.

Para encontrar esse filão do mercado: você precisa de boas analises basicamente em três áreas

  • do local – desde as instalações do empreendimento que tem que ser bonito, perfumado, com um certo glamour mas que com certeza terá menos granito,menos espelhos,e sem piscina de hidromassagem até o bairro,ou seja, qual a renda média das pessoas daquele bairro, daquela região da cidade em que você pretende se instalar. Como a variação da renda da classe C é muito grande, está entre R$ 1.115 e R$4.807 mensais, você precisa saber qual é a capacidade de pagamento daquele local especificamente onde você pretende se instalar.
  • dos recursos e técnicas utilizados - lembrar sempre que a classe A quer exclusividade e a classe C que inclusão – o serviço tem que ser eficiente e acessível. A cliente classe C precisa ver resultados com rapidez, enxergar que o investimento vale a pena e ela não se importa se todo o mundo tá fazendo o mesmo tipo de tratamento.
  • do marketing – quando for divulgar seu estabelecimento a consumidora classe C tem que ver logo de cara que ela pode freqüentar o lugar , que freqüentar uma clínica de estética não é um luxo glamoroso,distante da realidade dela e sim que é uma coisa acessível, que aumenta a autoestima, abre portas do mercado de trabalho, faz com ela seja bem notada nos lugares que frequenta e que também é uma questão de saúde, que vai melhorar sua qualidade de vida. Inclusive em ocasiões especiais como dia internacional da mulher, dia da noiva ou aniversário da cliente certos mimos como um bom espumante nacional podem ser ótimos aliados de marketing

O basicão tá dado, o resto agora é com você: inclua novas letras no seu alfabeto e amplie seus horizontes!

2 comentários:

  1. Olá Livia, tudo bem? Li seu artigo, sou a Dra Ana Carolina Puga, presidente da SBBME - Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética - Gostei da sua postagem e quero agradecer por falar da nossa nova conquista, projeto realizado por mim e votado em plenária dia 10/10/2010, assinado por nosso ilustríssimo presidente do CFBM Dr Silvio Cecchi.

    Realmente além do crescimento do mercado da saúde, beleza e bem estar, estamos com um notório crescimento da classe C, isso traz maiores oportunidades de negócio para todos os profissionais envolvidos.

    Precisamos trabalhar com diferencial e isso sempre foco em meus cursos que ministro para todos os profissionais da área da saúde. Os biomédicos, os fisioterapeutas, os enfermeiros, assim como demais profissionais da saúde são consideradas como aliadas e cada um tem seu espaço ao sol. Precisamos estar sempre unidos! Somos profissionais da área da saúde!

    Agradeço o comentário sobre a BIOMEDICINA ESTÉTICA e estou à disposição para ajudar - acpuga@biomedicinaestetica.bmd.br
    www.anacarolina.bmd.br

    Abraços
    Ana Carolina Puga

    ResponderExcluir
  2. Acd° Renato Portella7 de fevereiro de 2011 08:22

    Olá, Ana Cláudia;
    Tudo bem?
    Sua colocação sua interessante. Mas, o que achas da superposição de profissões: os fisioterapeutas Dermatofuncionais com os Biomédicos Estetisistas?
    Drª Lívia, Mais uma vez está de parabéns. Mas seria interessante a classe e os conselhos reverem essa superposição de atividades? E mais, O que realmente nosso da dermatofuncional? Afinal, os Enfermeiros estomatologistas podem prescrever curativos para feridas de diferentes etiologias e diâmetros; Os biomédicos os exames; e o que é realmente nosso?

    ResponderExcluir

Críticas e Sugestões são bem vindas, mas existem regras:
Sem ofensas, palavrões ou expressões que ataquem a imagem da Fisioterapia ou do Fisioterapeuta
Texto escrito em português porque se vc eh uma dakelas pixoas ki teclum axxim meu sistema fica nervoso só de olhar.
Comente Sempre!
E se quiser falar diretamente comigo:papodefisio@gmail.com